sábado , 23 setembro 2017

Visto

Visto

Documentação para as autoridades europeias

Sobre o Visto, seja por motivo de trabalho, estudo ou simplesmente turismo, a documentação exigida pelas autoridades europeias deve justificar claramente o motivo e o tempo de permanência em solo italiano.

Quem desembarca como turista não precisa de visto e pode ficar até noventa dias. Apresenta na fronteira o passaporte brasileiro válido, a passagem de volta para o Brasil e um seguro saúde.

Na ocasião, poderá ser exigida também a apresentação de um cartão de crédito internacional e de um comprovante do local de estadia do brasileiro na Itália.

Este pode ser a reserva do hotel no local de destino ou uma carta convite escrita por um residente na Itália e registrada na prefeitura da cidade italiana .

 “Visto di studio”

Se a finalidade da viagem for “estudo”, o viajante precisará de um “visto di studio”, obtido através do consulado italiano mais próximo da cidade onde mora.

Para tanto, o estudante deverá comprovar a admissão na instituição de ensino de interesse, com uma carta formal expedida pela mesma.

Além da carta, são exigidos como pré-requisito para o visto:

  • um seguro saúde
  • as reservas das passagens de ida e volta
  • foto 3X4 recente
  • passaporte brasileiro válido
  • prova de que possui condições financeiras para se manter na Itália
  • comprovante do local de estadia no intercâmbio e formulário preenchido, disponível no próprio consulado.

Visto di lavoro

Quanto ao “visto di lavoro”, este pode ser de dois tipos: “lavoro subordinato” (http://www.esteri.it/visti/home.asp) ou “lavoro autonomo” ( http://www.esteri.it/visti/home.asp).

O primeiro se refere aos trabalhadores com um empregador.

É o caso das babás, dos diretores, dos garçons, dos tradutores e intérpretes, especialistas, professores universitários, pesquisadores, enfermeiros, desportistas, jornalistas correspondentes e dos funcionários de um navio com acesso ao território italiano, como os cruzeiros.

Já o segundo, equivale à classe dos profissionais que trabalham por conta própria. Por exemplo, comerciantes, empreenditores e artesãos.

Visto de viajantes por motivos religiosos

As autoridades italianas também exigem o visto dos viajantes com motivo “religioso” – a serviço da Igreja Católica, por exemplo – ou cuidados médicos (“cure mediche“)

http://www.esteri.it/visti/home.asp.

Muita atenção à data da passagem de ida.

O detentor de qualquer um dos vistos emitidos pelos consulados italianos só deverá cruzar a fronteira a partir do início do visto.

Caso contrário poderá ser deportado, mesmo que a permissão oficial de estadia na Itália passe a valer poucos dias após a tentativa de ingresso no país.

Cuidar da aparência

Vale a pena também cuidar da aparência e da linguagem usada quando for abordado pelas autoridades das fronteiras europeias.

Mesmo com a documentação correta, o viajante pode ser deportado se não ficar claro para a polícia federal do país estrangeiro o motivo da viagem.

Vestir-se elegantemente e de forma discreta causa uma boa impressão, assim como o uso da linguagem formal ao atravessar a fronteira.

Passaporte eletrônico e Visto para os Estados Unidos América

Este documento é constituído pelo livreto de passaporte, no qual está inserido um suporte informatizado idôneo para memorizar e proteger os dados do passaporte e de seu titular.

Desde maio de 2010, o passaporte contém as impressões digitais de seu titular contidas no microchip.

Desde outubro de 2006 este este documento é adotado por todos os Países membros da Comunidade Européia

 

Desde maio de 2010, o passaporte contém as impressões digitais de seu titular contidas no microchip.

Desde outubro de 2006 este este documento é adotado por todos os Países membros da Comunidade Européia
NOTA: A leitura desta informação não dispensa a consulta à legislação aplicável.

Sobre Editoria

Verifique também

Cidadania Portuguesa

Cidadania Portuguesa – Decreto Lei – “Lei dos Netos”

Decreto-Lei n.º 71/2017 Diário da República n.º 118/2017, Série I de 2017-06-21 Data de Publicação:2017-06-21 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.